Sobre jazz e governantes

"O jazz já não é tão popular como antes, porque isso não interessa a quem está no poder. Os governantes são contra a liberdade, querem manter todos silenciosos e inertes, mas não podem controlar o jazz. O jazz é uma música completamente livre e política"

Do saxofonista Sonny Rollins, 77 anos, em entrevista publicada hoje na Folha de S.Paulo

Comentários

Postagens mais visitadas