Pastiche Nagô


Já ouviram falar de Kiko Dinucci e BandoAfroMacarrônico, né? O primeiro disco da turma foi lançado pelo selo brasileiro Desmonta em parceria com o selo norte-americano One Cell Records, que editou também nos EUA o mais recente EP do amigo Maurício Takara, Ocupado como Gado com Nada pra Fazer. Pois o Pastiche Nagô, título do álbum de Dinucci, é um raro mergulho paulistano nas tradições africanas. Toda a quarta-feira eles se apresentam no Ó do Borogodó, Rua Horácio Lane, 21, às 22h30. Estive lá há alguns meses e a sensação – de transe - foi das melhores possíveis.

Comentários

Carlos La Carne disse…
Aeeee! Roubo aqui o merchan do Mastercard: "Seo Carneiro cantando Nick Cave com a classe trabalhadora... tem coias que não tem preço!" Valeu a préza brother!
Rodrigo Carneiro disse…
Yo grandioso! Foi um sabadaço. Valeu vocês! Abs
Cazalberto do La Carne disse…
Seo Carnêro, venho aqui apenas para lhe informar que entrou em cartaz o Nossa vida não cabe num Opala. Pelo que ví, tá em cartaz até dia 21.08, lá no Cinemark do Villa Lobos. (sim, isso mesmo, no cinemark)... vai vendo.. bilheteria do batman já era. hahaha.. Abrs!
Rodrigo Carneiro disse…
Te cuida morcegão, ahahaha. Assisti no sábado no HSBC e escutei canções de elementos periculosos na trilha sonora.

Postagens mais visitadas