O sorriso de James Brown


O saudoso James Brown dava show até na hora de ir em cana - notem o sorriso do homem. Na imagem acima, o Padrinho do Soul posa para as lentes do Departamento de Polícia da Carolina do Sul. Era 1988 e o velho Brown ficou puto com um vizinho, ameaçou o cara com uma arma, efetuou disparos – sem vítimas - e foi objeto de longa perseguição policial entre a Carolina do Sul e a Geórgia. Só parou quando não havia mais pneus. Ao sair do carro, um dos agentes da lei perguntou:

- O senhor está sob o efeito de algum narcótico?

- O que é isso, seu guarda? Eu estou muito louco de Jesus! - respondeu ele, homem de Deus, que foi condenado a seis anos de prisão por posse de armas e drogas, mas conquistou o benefício da liberdade condicional.

Mais fichas da rapaziada no The Smoking Gun: Arresting Images.

Comentários

rkjazz disse…
hahahahaha, muito bom isso. o mickey Rourk tá lá tb. faltou uns malucos lá, mas bem legal a informação. abraço Carneiro.

P.S.
Cara, e eu que pensava que Carneiro era teu sobrenome... fiquei sabendo uma história ae, bem massa. abraço, brother
Rodrigo Carneiro disse…
haha. viu essa? o apelido-sobrenome foi uma das coisas que restaram dos tempos de punk rock.
rkjazz disse…
nada, o coração punk tb deve tá batendo ae. abraço, brother.

Postagens mais visitadas