O adeus "extra" de Fellini

Cadão Volpato, de camiseta de filipeta do Espaço Retrô, e Jair Marcos

Os irmãos Thomas e Petra Pappon bebericando

A querida Nina Lemos e Volpato; pena que não dá para ver a estampa

O amigo e mestre Loop B também estava lá. Fotos de Edhson FM

Tem adeus extra hoje na rua Augusta. Depois da aparição comemorativa dos 25 anos de formação - havia dois tchaus programados, um no Studio SP e outro no festival Rock de Inverno, em Curitiba -, o grande Fellini retorna, a pedidos, ao palco da casa paulistana. O quarteto, formado por Thomas Pappon (guitarra e vocais), Cadão Volpato (voz), Jair Marcos (guitarra e vocais) e Ricardo Salvagni (baixo), e que tem tido Clayton Martin na bateria, fez um show adorável na quarta-feira passada. O salto dado por Volpato – conhecido por sua performance contida - logo no início da apresentação foi a medida da empolgação e da alegria dos caras no tablado. Na platéia, eu e outros fãs, um monte de amigos queridos, cantamos juntos “Rock Europeu”, “Amor louco”, “Funziona Senza Vapore”, entre muitas outras. Se eu não tivesse compromisso logo mais, estaria lá no SP de novo.

Comentários

Gilberto disse…
Caramba, Edhson FM hehe. Camarada de Osasco, zineiro, não vejo ele HÁ ANOS! Abs Carneiro. Custódio.
rodrigo carneiro disse…
Salve, Gilberto! Foi demais encontrar o FM. Também não via o cara há tempos. Abração.
rodrigo carneiro disse…
Uma pena, viu, Patrícia. Foi demais. Beijo.
Edhson FM disse…
É VERDADE, GILBERTO, os anos em que não vemos um ao outro são muitos. Em recente parada obrigatória na banca em que nosso iluminado irmão Glauco vende muitas publicações, soube que você se encontra na terra dos Beatles. Espero que esteja bem. As fotos que não nos deixem mentir, CARNEIRO, o extraordinário adeus felliniano foi um show de grandes encontros. Até o próximo.

Postagens mais visitadas