Gilberto Gil - Ao Vivo Na Escola Politécnica Da USP (1973)


Em 1973, o estudante de geologia da USP, Alexandre Vanucci Leme, foi torturado e morto pela repressão política do regime militar. Gilberto Gil, que estava em São Paulo, então recém chegado do exílio, foi procurado pelos universitários que o convidaram para fazer um show de protesto, improvisado no campus. Por volta de umas duas mil pessoas assistiram a esta apresentação nas dependências da Escola Politécnica da USP. Gil tocou e conversou com o público durante três horas de show. Esta apresentação foi registrada pelos estudantes em um gravador de rolo (benditos gravadores de rolo!). A fita ficou guardada e esquecida por um longo tempo. Apenas algumas poucas pessoas tiveram acesso a este material. As cópias em fita K7 eram fragmentadas e com um som de má qualidade. Vinte anos depois a fita master foi encontrada e restaurada, inicialmente pelo músico do Grupo Rumo, Paulo Tatit, para um projeto de lançamento da gravação comercial em cd.

É o que nos diz o blog (uma benção) Toque Musical a respeito de Gilberto Gil - Ao Vivo Na Escola Politécnica Da USP (1973). Incrível.

Comentários

Fernando Pimenta disse…
Ótima indicação de blogue! E ótima indicação de álbum, uspiano que sou. Obrigado!

Postagens mais visitadas