Deu na Imprensa

E não é que tem um perfil da besta aqui na edição da Revista Imprensa deste mês? Fiquei honrado com a lembrança e a entrevista foi algo parecido com uma sessão de análise freudiana. Agradeço aos escribas da tradicional publicação – está no número 242 - e ao Igor Ribeiro, que dá as cartas por lá. Um salve também à musa Amanda Louzada, autora da foto que acompanha os dizeres. Está nas bancas, mas reproduzo abaixo em negrito:



A Volta do Poeta Punk

Revista Imprensa

Antes da internet, ter um grupo de rock independente no Brasil exigia um intenso boca-a-boca, gravação de “fitas demo”, publicação de fanzines, contatos com uma reduzida imprensa receptiva e emplacar shows tanto quanto possível. Hoje é bem mais fácil. “Há um circuito de festivais e a internet possibilita muita coisa”, compara o jornalista Rodrigo Carneiro, que conhece os dois lados da moeda. Afinal sua banda, o Mickey Junkies – que existiu entre 1991 e 1997 e fez história na cena underground paulistana -, recuperou as forças e, ano retrasado, voltou à ativa.

Além da música e do jornalismo, Carneiro namorou a ilustração e a poesia. “A bem da verdade, nos anos 1990 eu estava vivendo um eterno ‘67’”, brinca. No espírito contestador de um garoto que já havia participado até de gangue punk, Carneiro fez licenciatura em estudos sociais e, em 1998, após a banda terminar, decidiu cursar comunicação na Fiam. “O esquema de redação sempre me pegou. Via os amigos do meu pai, que fez Cásper, e achava bacana”, diz. Carneiro atuou como jornalista fixo ou free lance para veículos como O Estado de S. Paulo, Showbizz, MTV, Dynamite e RollingStone. Hoje, é editor-chefe do site Showlivre.

Reunir o Mickey Junkies teve a ver, entre outras coisas, com um estresse de trabalho em 2004, que beirou a depressão. “Música e poesia são as coisas que me equilibram e fortalecem para enfrentar a Babilônia.” Ao reencontrar, em 2007, os companheiros da banda no lançamento de um livro, decidiram voltar aos palcos. Ano passado, fizeram shows ao vivo e gravaram novas canções, mas sem a frequência de dez anos atrás: “Não dá mais para fazer toda a semana. Como meu pai diz, eu sou um punk senior”. Foram poucos, mas concorridíssimos shows.


Falando nisso, tem show nesta segunda-feira, dia 26, no Vegas, em São Paulo. Estejam convidados.

Comentários

uhuuu! que chique Carneirito!
que 2009 venha com tudo! parabéns ;)
beijão
rodrigo carneiro disse…
Valeu, querida. Beijaço.
Carlinho La Carne disse…
Ow brother, prometo que se arrumar uma babá pras criança eu tô lá na fila do gargarejo. Vai ser lindo!
rodrigo carneiro disse…
Cola lá, mano. E só não vou ao berlin, pois parto hoje para Parati. Abs
Anônimo disse…
adorei a foto...
bjos

Postagens mais visitadas