Cota zero


(Carlos Drummond de Andrade)

Stop.
A vida parou
ou foi o automóvel?


Do livro Alguma Poesia, Edições Pindorama, 1930

Comentários

Postagens mais visitadas