Pin Ups e o tempo



Como os senhores devem saber, hoje tem show comemorativo dos 20 anos de Time Will Burn, dos amigos dos Pin Ups, no CB. Cacete, já se passaram duas décadas! Eu estava lá quando do lançamento do disco. Foi no saudoso Espaço Retrô. No mesmo lugar onde os tinha visto ainda com André Benevides, irmão do cantor e letrista dos 3 Hombres, Daniel (que aniversaria hoje, parabéns, queridão), como vocalista. Mas o álbum em questão tinha Luiz Gustavo (voz e baixo), Zé Antônio (guitarra e voz) e Marco (bateria e voz), todos de preto, cabelos na cara. Pra mim um grande impacto. Referência mesmo. Os assisti também com essa formação de trio e lembro que nos shows de lançamento do registro a novidade foi a aparição de uma baixista, a Alê - ganhei de presente o disco, lançado pela gravadora Stiletto e com aquele carimbo de amostra invendável, do Luiz. Presenciei muitos shows deles, tornamo-nos comparsas, dividimos palcos, viajamos juntos, fizemos algazarra forte, enfim, participamos de uma movimentação subterrânea bastante efervescente naquele início dos anos 1990. Primeira geração indie brasileira, afirmam os estudiosos do roquenrou do Terceiro Mundo (se bem que agora o Brasil transita em uma zona fantasma entre o Terceiro e Segundo escalão da economia mundial). Dia desses, o Zé me disse que o show de logo mais terá a maioria das composições do álbum de estreia do grupo. “Tem uma ou outra que não funciona bem ao vivo”, disse o guitarrista. Conversei com Marco Butcher, meu brodaço, e ele avisou que não participaria da comemoração. Contudo, as baquetas serão responsabilidade de Flávio Forgotten, que substituiu Butcher lá pelos idos de 1997. A Alê também não estará presente, ao menos não no palco. Um baixista convidado - o Jesus Sanches, do Los Pirata - irá dedilhar as quatro cordas. Questões internas de uma ex-banda. Ainda assim, na plateia estaremos nós, os tiozinhos rockers, sacolejando, tocando guitarras imaginárias ao som da reunião dos Pin Ups. A previsão do tempo é a de barulho somado a altas doses de reminiscências.

Comentários

Postagens mais visitadas