Novos Baianos F.C.

Os Novos Baianos, anos 1970

"Logo depois do auge pós-visita de João Gilberto, Acabou Chorare, em 1972, os Novos Baianos eram interesse nacional, espalhadores de gudiváibe e foco de interesse curioso. O deixar pra lá é quente.

Em 1973 estavam morando todos juntos no sítio Cantinho do Vovô, Estrada dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, Jacarepaguá, e transando o disco Novos Baianos F.C., obra-prima, quando Solano Ribeiro (há pouco o homem por trás dos Festivais da Record) colou neles com câmeras, microfones e equipe e produziu o melhor documento dos Novos Baianos em imagens, som e espírito. Ficou lá, por fora de ismos, filmando os baianos e a niteroiense com toda naturalidade, criando filhos, jogando bola, tocando e cantando intensamente, fazendo massagens, lavando pratos como quem faz música."


É o que nos conta Ronaldo Evangelista no blog Vitrola. Ele fala do sensacional documentário Novos Baianos F.C. e traz os trechos do registro no post. Troço obrigatório. Como eles mesmos diziam: "É ferro na boneca/É no gogó, nenê"

Comentários

Postagens mais visitadas