"Dizem que em algum lugar, parece que no Brasil, existe um homem feliz."
Vladimir Maiakóvski (1893 - 1930)

Comentários

Anônimo disse…
Esse é aquele que, segundo os poetas que pagavam um pau pro Stálin, fazia versos "complexos demais para a compreensão do proletariado" né? Ô bando de pulhas! rs
Rodrigo Carneiro disse…
Imagina os malas avaliando a poesia do velho Maiakóvski. Que horror...
Anônimo disse…
ate hoje a poesia do mayakovsky,p/ mim, fala alto...
e a historia do cara e "fascinante"
Legacy!!!
bjos,
Alemão Moura disse…
Quem não prefere morrer de vodka do que de tédio?
Rodrigo Carneiro disse…
ESCÁRNIOS

Desatarei a fantasia em cauda de pavão num ciclo de matizes, entregarei a alma ao poder do enxame das rimas imprevistas.
Ânsia de ouvir de novo como me calarão das colunas das revistas esses que sob a árvore nutriz es-
cavam com seus focinhos as raízes.

O cara é um colosso, né? bjs e abs

Postagens mais visitadas