Roberto Piva hoje; e eu?


Pela segunda vez no ano vou perder uma aparição pública do poeta Roberto Piva. A primeira deu-se na Casa das Rosas, em pleno feriado comemorativo do aniversário de São Paulo. Era janeiro, 25 – batuquei sobre num post. Questões profissionais - ah, a labuta - impedem que eu tome o caminho da livraria do Espaço Unibanco (rua Augusta, 1475) e aporrinhe o poeta com a minha tietagem. Nesta segunda-feira, Piva lança por lá, às 19h, o terceiro volume de suas obras completas: o inédito Estranhos sinais de Saturno.

Comentários

Giuliano Quase disse…
adquiri recentemente este volume das obras completa do poeta xamânico.

evoé!

Postagens mais visitadas