Diversitrônica e Madensuyu

Estive ontem no Pompeia.Beat, braço paulistano do festival pernambucano Rec.Beat em cartaz no Sesc Pompeia, e fiquei pasmo com o que vi. A noite começou com as texturas instrumentais do sexteto Diversitrônica. Trata-se do projeto eletrônico liderado pelos produtores musicais Leo D, William P e Missionário José – esse último, uma das lendas da cena recifense/olindense. Para dançar e acompanhar as imagens no telão produzidas na hora por Izabella. Terminada a apresentação empolgante dos nordestinos, foi a vez dos belgas Stjin Ylode de Gezelle (guitarra, voz e synths) e PJ Vervondel (bateria e voz), o duo Madensuyu, entrarem em cena. O negócio dos caras é rock minimalista, esquisitice, riffs mantricos, vocal gritado e paranóico. Coisas que eu adoro. Em dado momento, o baterista disse que uma das palavras que ele aprendera falar em português foi drama. Tá certo. Eis um vídeo do Madensuyu para que os senhores tenham uma ideia do que se passou na noite de sexta-feira.

Comentários

Postagens mais visitadas