O rap do Dee Dee

Houve um tempo em que Dee Dee Ramone (1952 – 2002) mergulhou de cabeça no universo do hip hop. “Eu me sentia negro e quis fazer rap. Não sabia como, mas tentei”, argumentava o mais doidão dos Ramones. Em 1989, ele lançou, sob o pseudônimo de Dee Dee King, o álbum Standing in the Spotlight. Não é um clássico do gênero. Muito longe disso, mas há uma sinceridade bizarra nas faixas do registro. Dee Dee conhecia os guetos dos EUA e curtia de fato a música que vinha deles. Pagou para ver.


Trecho do sensacional End of the century, the history of the Ramones


Remix do single "Funky Man"

E ainda sobre Dee Dee, recomendo a leitura de Coração Envenenado - Minha Vida Com Os Ramones, autobiografia do figura lançada há alguns anos em terra brasilis pela Editora Barracuda.

Comentários

Night disse…
adorei conhecer o lado rapper do dee dee! bizarre!
Anônimo disse…
O livro dele é ótimo...voce ri do começo ao fim das histórias e roubadas que ele - um bandido! - conta. ONE TWO THREE FOUR!!!

Postagens mais visitadas