História de verão

Não tive a oportunidade de comentar o prazer, a viagem interior, que foi participar do Rock 40 Graus, evento capitaneado pelo amigaço Clemente Nascimento, dos Inocentes e da Plebe Rude, que tem acontecido desde janeiro no SESC Santo André, em São Paulo. Quinzenalmente, o Clemente, junto a uma banda formada por Redson, do Cólera (guitarra e voz), Ari, do 365 e ex-Fogo Cruzado (guitarra e voz), Mingau, do Ultraje a Rigor e ex-Ratos de Porão (baixo), e Alonso, do Marsh Gas (bateria), recebe convidados para uma jam session roqueira. Os convidados da segunda edição, realizada no já distante dia 28 de janeiro, fomos eu, o mestre Kid Vinil e o Thunderbird. Funciona assim: cada convidado escolhe quatro músicas. Eu fui de “Do the strand”, do Roxy Music; “Viajei de trem”, do fundamental Sérgio Sampaio; “Wild Thing”, do The Wild Ones, famosa nas interpretações dos Troggs e do Hendrix; e “Eu sou terrível”, do rei Roberto. Depois ainda mandamos todos juntos canções do repertório do The Clash.

No ensaio para a apresentação e no palco do SESC, eu olhava aqueles caras ao meu lado e lembrava de mim mesmo moleque, punk rocker, ouvindo sem parar os discos de vinil que eles fizeram na Idade da Pedra Lascada, o Paleolítico: Miséria e Fome e Pânico em SP, dos Inocentes; Grito Suburbano, compilação com Olho Seco, Inocentes e Cólera; Sub, com Cólera, Ratos de Porão, Psykóze e Fogo Cruzado; O Começo do Fim do Mundo, álbum que registra o festival punk de 1982 no SESC Pompéia; Tente Mudar o Amanhã, do Cólera; Crucificados pelo Sistema, do Ratos de Porão, e tantos outros. Foi uma experiência realmente marcante para besta aqui. História da verão inesquecível. Agradeço aos caras da banda, à garotinha com camiseta dos Ramones que quis tirar uma foto comigo, aos senhores que me disseram ser fãs dos Troggs, à mulher que lembrou ter sido levada pela avó aos programas da jovem guarda nos anos 1960 e ao Renato Donisete, editor do zine Aviso Final (ganhei um exemplar), que me surpreendeu ao pedir que autografasse raridades dos Mickey Junkies. O tempo, o tempo...

Bom, antes que eu verta lágrimas aqui na redação, nesta quinta-feira tem a terceira edição do Rock 40 Graus e os convidados são Philippe Seabra, da Plebe Rude, e Tatá Aeroplano, do Cérebro Eletrônico e Jumbo Elektro. Começa às 20h e o SESC Santo André fica na rua Tamarutaca, 302 , Santo André, Telefone 4469-1200. Grátis.

Há fotos de Eduardo Guimarães, que está acompanhando os eventos para o Rock Online, no Flickr.

Comentários

Anônimo disse…
Muito bom brimo. Marquei tôca e perdi essa. Subir num palco ao lado desses protagonistas da história do panque...muito foda.
Mas vale aquela máxima: "diga-me com quem andas..."
Abraç

Postagens mais visitadas