Mickey Junkies na Revista Inked


"Se hoje você é um roqueiro indie, agradeça a esses caras. Ao lado de Pin Ups, Second Come e Killing Chainsaw, os paulistas do Mickey Junkies foram ícones do underground dos anos 90 e ajudaram a lançar bases para o mercado do rock alternativo no país – isso numa época sem internet ou as facilidades tecnológicas de gravar em casa. “A nossa geração meteu o pé na porta. Só não entrou. A gente, tipo, apertou a campanhia e saiu correndo”, debocha o baixista André Satoshi, arrancando gargalhadas dos companheiros Rodrigo Carneiro (voz), Érico Birds (guitarra) e Ricardo Mix (bateria)."

É o que nos diz o primeiro parágrafo do texto sobre os Mickey Junkies publicado na edição brasileira da revista norte-americana Inked. A matéria assinada por Daniel John Furuno ficou ótima, assim como o retrato feito pela fotógrafa Paula Ragucci. Muito obrigado pela preferência, pessoal. Ah, além de nossas ventas, tatuagens e gracejos, Mel Lisboa e a minha amiga Clara Averbuck estão arrasadoras em outras páginas da publicação. Recomendo uma passada pela banca de jornal mais próxima.

Comentários

Anônimo disse…
Aí sim! prbéns MJ!
Anônimo disse…
Adorei!Super merecido
Bass man ...
Anônimo disse…
rsrs!! era isso mess...!
satox,jazzgrassbass
Anônimo disse…
é...jazzgrassbass, naquela época!!haha!! hj, jazzgrassbassetecetera!!!
satonás

Postagens mais visitadas