Um início



“Salve! Não, não, senta. Senta. Para sair legal, senta. Então tem que dançar, dançando. Dançando”

Do início de A Tábua de Esmeralda, disco lindamente cometido por Jorge Ben em 1974.

Comentários

mauricio disse…
de passagem.tb sempre me liguei nesse início.
rodrigo carneiro disse…
o disco é inacreditável e o começo já diz muito da maluquice que se seguirá. "quem vai ser papai? menina mulher da pele preta"
Carla disse…
Adoro ! O Jorge Ben que ainda não tinha se corrompido !! Parabéns pelo blog !
rodrigo carneiro disse…
Valeu, Carla. Obrigado pela visita.

Postagens mais visitadas