Depois da guerrilha, Zimbabwe, Kaskatas, Black Mad e Furacão 2000 ou Viva Za(p)pata!



Ela diz: "Para você ver como somos diferentes, eu não faço ideia de quem é esse tal de Emiliano Zapata. Mas eu gosto do ZAPP!"

"Perfeito! Numa noite como esta, não faz sentido perder tempo discutindo política e história. Chegou a Abertura. Vamos celebrar! Pelo menos por hoje, fecho contigo nas fileiras da Frente ZAPPista de Libertação Espiritual. Vamos DANÇAR, menina!" Disse o anistiado.

Não acho que ela tenha entendido o humor pedante do amigo. Mas, naquela madrugada, eles fizeram da pista campo de batalha. A massa revoltosa, armada com passos de dança, entoando a Marselhesa ao Som e do ritmo Soul, derrubou mais de um déspota do poder. Seu lider? Um Libertário conhecido por Disc Jóquei que seguia a frente levantando a bandeira circular do vinil. Verdadeiro super homem do proletariado, ele teve a alma forjada nas oficinas siderúrgicas dos bailes black e corpo moldado nas pick ups e alto falantes.

Foi ai que ele percebeu que, todas as noites, muros eram levados ao chão. Pelo menos nos bailes...

(Cesar Alves)

Comentários

Postagens mais visitadas